2021 – 100 ANOS DE NASCIMENTO DO PASTOR ESMERALDO SANTOS

O Pastor Esmeraldo Santos nasceu em 08/03/1921. Este ano de 2021 é, portanto, o ano do seu centenário de nascimento.

No entanto, aos sessenta anos de idade, em 25 de março de 1981 um acidente de carro interrompeu precocemente a sua vida.

Suas mensagens memoráveis são até hoje lembradas com saudade e admiração por muitos que o conheceram e tiveram o privilégio de ouvi-lo ao púlpito porém, o serviço ao próximo sempre foi a marca essencial, não só do seu ministério mas de toda a sua existência.

Disposição e habilidade para ouvir, dialogar, conciliar, apaziguar, aconselhar, sem jamais julgar ou condenar são algumas das qualidades de que Deus o muniu para o exercício da sua grande missão de servir e semear a paz.

Certo dia, o Pastor Esmeraldo foi até o entroncamento de Jaguaquara, levando uma de suas filhas que ali tomaria um ônibus para Salvador. Lá chegando, deparou-se com um outro ônibus, parado, cujo motorista, completamente bêbado, insistia no propósito de seguir viagem ao volante do veículo. Passageiros, curiosos, palpiteiros, todos os envolvidos na situação gritavam, discutiam, sem que ninguém conseguisse resolver a situação. Calmamente, o nosso pastor aproximou-se daquele homem, conversou com ele e conseguiu tomar-lhe a chave do ônibus. Em seguida, dirigiu o seu carro até a cidade de Jequié a quarenta cinco quilômetros dali. Lá chegando, foi até a sede da empresa, de onde, depois de relatar o ocorrido, voltou trazendo um outro motorista que seguiu viagem conduzindo o ônibus.

Essa é só uma história que demonstra as qualidades citadas do Pastor Esmeraldo.

Certamente muitas pessoas que leram este texto, tendo conhecido o nosso inesquecível Pastor, se lembrarão de outras histórias em que ele foi protagonista.

Pedimos, então, a quem participou, testemunhou ou ouviu contar outra(s) história(s) do Pastor Esmeraldo que a(s) relate para deleite e edificação de todos os que as lerem.

Seus filhos: Amerentina, Alcione, Auristela, Alzeny, Esmeraldo e
Áurea Núbia

Deixe uma resposta